Sunday, July 21, 2013

Diz que fui ao SBSR

Pois que moi même foi pela primeira vez ao SBSR. Não foi por falta de oportunidade mas rock não é a minha cena.
Desta vez convidaram e como não tinha melhores planos, lá fui.

Na sexta só Kaiser Chiefs me interessavam. The Killers... Tenho um odiozinho de estimação. Depois untz puntz e fui feliz. Estava eu a abanar-me para lá e aparece uma miúda podre de bêbeda ao meu lado. Até me assustei.
- Desculpa.
- Sim sim...
- Olha, tens uma mala como eu.
Olhei para a dela, não tinha nada a ver com a minha mas ok.
- Pensei que poderias ter um pau de canela.
- Desculpa?
- Um pau de canela. É que deixei de fumar há 8 dias e não tenho ansiedade nem nada por causa do pau de canela e como tens uma mala pensei que podias ter.
- Hum... Mas eu não vim fazer arroz doce...

Depois regressar a casa às 4h da matin. Coisinha complicada.
Primeiro fizeram-me estacionar no parque dos que vão para o Meco por isso quando saí obrigaram-me a ir para aquele lado. Assim que tive oportunidade fiz inversão de marcha. 
Quando ia a passar em frente ao festival parei atrás de um carro. Um polícia manda seguir e lá vou eu. Ia a passar pelo sô agente e ele começa a acenar com o light saber e a apitar. 
- Hein? Isso é para parar ou para continuar?
Como já o tinha passado, andei mais uns metros e parei no sô polícia seguinte.
Abri o vidro:
- O seu colega acenou-me mas não percebi se era para avançar, parar ou quê...
O polícia rosna para o walkie-talkie:
- A senhora vai para onde?
- Lisboa e o caminho é este.
Torna a rosnar para o walkie-talkie:
- Siga!
E até hoje não percebi o que queria o polícia...

Mal dormi. Tinha umas tretas marcadas para fazer na manhã de sábado. Por volta das 5h da tarde segui para o Meco para ir ter com os amigos que estavam lá na praia. 
Primeiro trânsito aos molhos, depois encontrar a praia onde eles se enfiaram.
Perguntei a um local (ler em inglês porque tem mais piada) e lá me indicou o caminho.

Entrei numa estrada de areia e quando vi carros estacionados, estacionei também (como se o meu chaimite se atolasse com facilidade. Tsc tsc...).

Um casal vinha a caminhar na minha direcção então aguardei para confirmar que a praia era aquela.
Ainda a alguns metros o senhor diz:
- Se tivesse um desses ia até à água!
Quando chegaram ao pé de mim confirmei que era a praia certa.
E a senhora:
- Muito boa escolha! Tenho 44 anos, venho para cá desde miuda e adoro. 
Reparei que a senhora não tinha soutien vestido (as mamas estavam a tocar na barriga) e tudo fez sentido: a senhora naturista estava a apoiar a minha iniciação ao nudismo.
Depois deram-me umas dicas:
- Quando chegar lá ao fundo é melhor descalçar-se e se calhar descer com o rabo sentado.

Oh Deus!!!! Onde é que me vou meter?

Uma caminhada de 5 minutos e lá chego a uma ravina. 
Havia vários grupos lá em baixo mas não conseguia perceber onde estavam os meus amigos. Tentei ligar e nada.
Só pensava com os laços do bikini:
- Eu não consigo descer isto! Eu caio a andar a direito, quanto mais a descer uma ravina...

Ganhei coragem e desci um bocado mas depois a coisa complicou e parei. Olhava para baixo, para cima, 'desço ou não desço. Mas desço como?' E pumba! Frozen!

Lá vi um deles a caminhar em direcção a mim. Foi buscar-me. Pegou na minha mala e eu segui-o em modo spider man, mãos no chão e rabinho a deslizar nas pedras.

Finalmente cheguei lá abaixo:
- Vocês têm noção que eu não vou descontrair? Vamos ter que subir outra vez!!!
Ponderei ficar lá na praia para todo o sempre.

15 minutos depois decidiram que estava na hora.
- MAS EU ACABEI DE DESCER AQUILO!!!!

E lá voltámos à ravina.
Um deles levou a minha mala e lá fui eu com as mãos no chão, rabo espetado para o ar e consegui!
Hoje mal me mexo com dores nos quadrícepes, tal não era a tensão.

À noite mais festival, mais rock que não gosto e Digitalism para terminar em grande.




2 comments:

  1. Ahahahahahahahahah
    "Não vim fazer arroz-doce"
    Ahahahahahahahahahahahahah
    P.S. Sei lindamente onde é a praia de que falas; imagina-me a desc^-la e a subi-la, com o puto, que ainda era pequenito, ao colo!
    Eram uns nervos!!!

    ReplyDelete
  2. Mas a praia é assim tão espectacular que justifique a descida!

    ReplyDelete

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...