Thursday, August 23, 2012

Ai o meu chaimite #4



Já começavam a estranhar não suceder nada com o meu chaimite há muito tempo não era?

Hoje tivemos mais uma piquena coisita. Nada de grave, comparada com a última (pelo menos por enquanto visto que ainda não sei quanto custa a peça).

Saio do work, abro o vidro do carro para passar o cartão do estacionamento e ouço um barulho. Parecia terra dentro do vidro.
Subo-o. O barulho again.

Sigo pela A5, calor, desço-o um pouco, barulho again.

Chego a casa, estaciono, desço-o só para tentar entender o que se passava. Barulho again. Mexo-lhe, estava solto. Ora boa! Não subia. Então desci-o mais um bocadinho para ele apanhar balanço para a subida (adoro as minhas teorias) e guess what... NÃO SUBIU, pois claro.

Lá ficou o chaimite estacionado com meio vidro aberto (o que é pacífico. Quem é que rouba um chaimite? Aquilo dá mais despesa do que lucro).

Ligo para a Mãe Buena a dizer que tinha chegado a casa sã e salva (nunca se sabe, nesta selva que é Lisboa) e digo o que sucedeu com o chaimite. Pai Bueno, como já lhe é característico, está à escuta da conversa (não vá eu dizer que finalmente casei) e fica bastante zangado porque deveria ligar para ele e não para Mãe Buena, nem para Mano Bueno, nem para mecânico. Ele é que é o Pai.

Zanga esquecida, diz-me para ir à oficina e lá fui até à mais próxima onde se confirma o problema. Elevador do vidro broken. Os moços uniram forças, um segurava no vidro, outro punha fita-cola para o vidro não cair e depois umas borrachas para eu poder passear-me de vidro fechado.

Sigo para casa feliz e encalorada e aguardo chegada do Mano Bueno que veio do Algarve até Lisboa ver um espectáculo para o qual arranjei bilhetes aos montes (menos para mim... hurray). Mano Bueno e família desconhecem Lisboa então seguiram o chaimite até ao destino. Sucedeu que passámos ao lado do destino, falhei a faixa de rodagem e pumba, siga passear por Lisboa.

Mano Bueno telefona pois tinha o GPS do seu grande carrão ligado e vai indicando o caminho de regresso ao destino. Chegados a um semáforo, diz que é para seguir em frente. Semáforo abre.
OMG! PARA ONDE É 'FRENTE'?
Mano! Mano! Mano! e atravesso-me no meio da estrada completamente desnorteada enquanto Mano atrás segue para outro lado que não aquele para o qual eu estava a tender.
Lá manobro o chaimite e entro na rota. Ufa!

10 minutos depois. Chegámos ao destino.

Mas ainda não acabou.

Vamos estacionar no parque subterrâneo.
Mano à frente no seu grande carrão. Mana atrás no seu grande chaimite.
Mana perdeu mano de vista quando teve que parar, abrir a porta do chaimite e tirar o ticket do parque.
O segurança ficou a olhar para mim pensando: mulheres...
Ponderei gritar-lhe: EU SOU UM ÁS AO VOLANTE! Mas com este ar de mulher, acho que não convencia ninguém.

Encontrei Mano Bueno e família posteriormente mas a muito custo dado que nenhum dominava a zona e lá fomos jantar.

Novo problema: não havia lugares para todos. Mano e eu comemos juntos, no meio de 8 pessoas.
Cunhada comeu sozinha com um TNI (teen não identificado).
Primos comeram de pé lá longe.
Acabou por ser uma espécie de swing, este jantar.

Eles seguiram para o espectáculo e eu ainda tive que sair do parque que é labiríntico, meter o ticket na máquina (após abertura da porta do chaimite) e enganar-me novamente no caminho, mas conseguindo acertar noutra rota conhecida.

Finalmente, estou em casa.


UFA!


35 comments:

  1. Uena,tu és mesmo das minhas!!Eu tbm tenho um chaimite(com o vidro a funcionar,vá),também tenho que,não sair do carro,mas tirar cinto e sair janela fora para tirar papelinho da maquineta(e quando quero fazer isso,sem pôr o travão de mão?),e engano-me sempre e quase sempre quando o gasóleo está quase na reserva.....

    ReplyDelete
    Replies
    1. ahahaha
      Oh Mamã, por essa descrição não sou nada das tuas. eu só fiz isto hoje porque o vidro está avariado. Eu sou grande, remember? xD chego sempre à máquina.
      Quando tivermos o nosso blind date depois levo-te a passear e vês como conduzo bem:D
      Aaaaaaamoooo conduzir!

      Delete
    2. Ah pois....já me esquecia que tu és das grandes.Nem te quero imaginar a sair pelo vidro em direcção ao ticket....:)

      Delete
  2. Elah Uenita...mulher de armas!! *

    ReplyDelete
  3. Ahahahahahah, parti o cu a rir. Thanks :)

    ReplyDelete
  4. Eh pah, que complicação mulher! Ri-me tanto!

    ReplyDelete
  5. No meu chaimite 150€ chegaram para cada um dos elevadores traseiros que meti. Para a frente não sei (mas não deve faltar muito, porque já fazem barulhos eheheh).

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olha, foi a 1ª vez que me aconteceu.
      Pode ser que seja ainda mais barato xD

      Delete
  6. O meu primeiro carro, um VW Polo, que hoje tem 14 anos mas ainda é uma máquina, já teve o elevador do v idro do lado do condutor partido por duas vezes. Na primeira vez estava na Ilha da Madeira a morar e foi um stress para me arranjarem um elevador. Lá tinha que estacionar quase a roçar a parede e sair pela porta do pendura. Quanto a saidas e entradas em estradas que desconheço, ainda hoje foi uma aventura na busca do Badocas Park, já que o meu marido (asno) resolveu seguir as minhas indicações e quando demos conta já tinhamos passado o local há 15 kms!

    ReplyDelete
    Replies
    1. ahahah só aventuras!
      Olha, eu só tive que ir até ao campo pequeno xD
      mas faço sempre o mesmo. viro mal e não acerto com a rua para o parque de estacionamento ahahah

      Delete
  7. Ora então é assim:Mãe Buena até oferecia um carrito a filha Buena,mas acontece que Pai Bueno não está muito receptivo a esta oferta,sendo assim nada feito,mas depois vida de filha Buena tornava_se monótona.e o chaimite é tãaaaaao giro.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olha a Maman Buena!
      Olá, olá!
      Unita diz que gosta muito de azeitonas, como eu; quando a Uenita se decidir a fazer o blind date tem de vir também que havemos de enfardar meio kilo de azeitonas! Cada uma!

      Delete
    2. ahahahaha
      a Mãe Buena é tãããoooo expressiva! :D
      Eu sei que compravas mãezinha, mas enquanto este andar aguentamo-lo!

      Sexinho, meio kilo deve ser pouco ahah :D

      Delete
  8. lol as janelas do meu espécime também estão avariadas há bué! Sorte que aqui não há calor!!
    Temos de fazer um club em defesa dos chaimites de portugal, e arredores vá...

    ReplyDelete
    Replies
    1. HAHA
      há bué! morri.
      O meu problema é gostar tanto de andar com o bracinho de fora a mostrar a manicure e o relogio aos outros condutores ahah

      Delete
  9. Ler as atribulações duma chaimiteira de fibra ao fim dum dia tão cansativo era mesmo o que eu precisava para adormecer bem disposta !! Adorei a sua odisseia ! Narrativa 5 estrelas. Obrigada pela dica :D :D

    ReplyDelete
    Replies
    1. hehe :D
      Vai aparecendo, que há sempre uma aventura ou outra!

      Delete
  10. Não consigo parar de rir!
    Ahahahahahahahahahah
    se bem me lembro hoje pela manhã queixavas-te da monotonia; ora aí tens!
    ahahahahahahahahahah
    que bem disposta que vou dormir com esta gargalhada!

    ReplyDelete
    Replies
    1. ahahahahah
      o meu chaimite nunca me deixa mal xD ahahha

      Delete
  11. Eu avisei-te que irias ter que pagar por não teres rezado durante todos aqueles anos. Agora é altura de cobrar.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh Pai, então? Vingança é com o tio Diabo. Estás a virar para o outro lado ou quê?

      Delete
    2. Filho, cala-te senão não te transformo o teu Nokia 101 num iPhone.

      Delete
    3. Que converseta que vai para aqui.
      Tb quero um iPhone, já agora.

      Delete
    4. Minha filha,

      Inveja é um pecado mortal.

      Delete
  12. Ai ohh pahhh!... Isso é que são aventuras.
    A manete de mudanças do meu Libemóbil não aguentou o calor neste domingo e estatelou-se em pedaços. Agora ando a conduzir com a vara de metal que restou dele enquanto o Gafanhoto não arranja um substituto. Já ligou para a oficina e diz que o bicharoco da marca é caro e aconselharam-no a procurar na sucata. Acho que este fim de semana vai ser uma aventura à procura de uma sucateira ;P

    ReplyDelete
    Replies
    1. ahahah
      Aqui por Sacavém acho que há umas.
      Fico feliz por não ser só eu! ahahah

      Delete
  13. Tu tens algum bruxedo em cima, "melhéri", só pode :P

    ReplyDelete
    Replies
    1. Não, tenho um jipe com muitos kms, alguma idade e pronto ahahah

      Delete
  14. Gostava de dar uma voltita no chaimite com a Uena ao volante :P

    ReplyDelete
    Replies
    1. E olha que ias gostar que eu conduzo bem para xuxu! :D
      Eu vivo para conduzir!
      Metam-me ao volante que até bato palminhas ahha

      Delete
  15. Nesta altura, acho que a magia de ter um carro está em nunca nada estar a 100%.
    O meu antigo xuning-da-cena-yo(fez em Maio 18 anos), que eu uma vez estacionei ao lado de um chaimite dos teus e dava-lhe por metade da porta, também me fez uma surpresa com o vidro. lá estive eu a desmontar aquela porcaria toda, sorte que foi só limpar o motor do vidro e comprar uma borracha nova para as calhas.
    agora que o vendi, comprei um com 11 anos e até me faz impressão não ter um único problema, não fazer barulho nenhum, nada...

    já ando a ponderar vendê-lo para comprar outro igual ao antigo xD

    ReplyDelete
    Replies
    1. Deve ser uma seca, realmente.
      Mas olha que o meu chaimite tem 12 anos. Só tem mais 1 ano que o teu novo ahah
      No entanto tem muitas centenas de mihar de kms xD
      Mas tal como a Mãe Buena disse ali em cima (e foi mesmo ela para meu próprio choque :O), a minha vida não tinha metade da graça sem chaimite ahah

      Delete
  16. Oh Deus... :)teu chaimite nao te fica nada atrás, hein? Que dupla :D

    ReplyDelete
  17. Epa tou a ver que essas tuas viagens são uma animação! ahahahahahaha

    ReplyDelete

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...