Friday, August 31, 2012

Para o senhor que cheira cuecas sujas



Meu senhor, arranjei a solução para a sua pessoa ser feliz.

No Japão há mercado para pessoas como o senhor. Diz que há lojas e vending machines (estou a imaginar os homens a botar a moedinha para sacar um parzinho de cuecas nhanhentas) onde as jovens que precisam de trocos depositam as suas cuequinhas usadas em troco dumas moedinhas para a night.

Ler aqui, por exemplo.


Conselhos da Maria




Perante a minha falta de trapalhadas, apresento-vos o problema deste leitor da Maria.

Diz que só é feliz a snifar a cueca suja da namorada. Desconfio que até já escondeu os detergentes para a roupa para impedir que a moça as lave e perfume.

A Maria aconselha-o a estar atento pois está prestes a levar com um par de patins. Eu aconselhava-o antes a ir tratar-se.

Thursday, August 30, 2012

HEY KID





Soluções do best



A maior parte de vocês ainda cá não andava quando fui passear até Roma e desconhece os percalços da viagem.
Se quiserem ficar a par leiam isto e depois vejam isto.

Foi uma alegria de voyage!

Então, eu podia ter descoberto este truque antes.
Tinha feito menos figuras tristes, é o que é!


As saudades que tenho de pedir halibut em farmácias italianas ♥



Gourmet é o meu nome do meio



Estava aqui a falar com uma amiga sobre comida e descobrimos que somos ultra chiques.

Adoramos ovos mexidos (por acaso nunca me lembro de fazer).

Adoro frango assado.
Carapaus fritos e arroz de tomate nem se fala.

E comer com as mãos! ♥



Wednesday, August 29, 2012

Saltos altos



E o que eu gostava de usar um salto-ultra-alto da moda sem parecer uma matrafona de Torres Vedras!


Vá, esta imagem não é a melhor.
Próximo post mete um varão.


A coreografia do final de Verão



Vamo' lá homens! Toca a aprender a música e a coreografia altamente máscula e secsi.





Tuesday, August 28, 2012

Ser gaja é difícil pa' xuxu



Diz que a minha pessoa, mais propriamente eu, decide sempre o que vestir na véspera.
Tendo estado entretida com a tese até altas horas da noite, nem me lembrei de tal coisa quando me enfiei na cama.

Ora hoje, o despertador toca e pumbas! Ferrei a dormir mais uma horinha. Coisa pouca pela manhã.
Acordei atarantada, saltei da cama, corri para o banho e lavei-me a despachar (só um braço, um sovaco, uma perna, uma orelha) enquanto tentava decidir o que vestir, coisa que me é extremamente difícil pela manhã.

Mudei de roupa 3 vezes e não me apetecia envergar nada! As calças estão largas, o tempo estava xoxo para vestidos, saias e calções mas não tinha outro remédio senão vestir-me. Estou gira (estou sempre!) mas podia estar mais.

Moi même, pessoa vaidosa que é com o seu cabelo, não sai de casa sem secar e pentear todos os fiozinhos que saltam da tête. Sucede que, com a pressa, atirei o secador de cabelo que custou beaucoup d'argent ao chão e pumbas! Foi vê-lo a pifar. Bufava quente, mas junto a isso, emanava um odorzinho a queimado.

Engoli a talhada de melão e os cereais com iogurte e voei para o trabalho.

Chegada à cancela, a famosa cancela, já nem me chateei. Parei o chaimite. Abri a porta. Saí do carro e fui passar o cartão. Homens olharam para mim com aquele ar, mas já me habituei.

E agora, são 16 horas, e eu sonho com um secador de cabelo, um par de calças novo que me sirva e a minha cama.




À procura de emprego #2



Para quem já não apanhou a proposta com a linha extra, o Jedi fez print screen e publicou no espaço dele.

Ver aqui.

Vera Pereira, se andas por aí, conta-nos o teu segredo. Vá lááááá!
Há tanta gente a precisar de umas dicas, neste momento!




Monday, August 27, 2012

À procura de emprego



Pois que eu publicitária, estava aqui a procurar emprego para educadora de infância (tudo porque ando com uma vontade de fazer picotados) e deparo-me com isto:

Oferta de emprego para educadora de infância

Chamo a atenção para o ponto "Outros conhecimentos".

Vera Pereira, se andas por aí, conta-nos a tua relação com o IEFP. Ou com o Relvas.
Obrigada.


Músicas enfiadas na cabeça #11



E as saudades que vocês já tinham das músicas que se enfiam na cabeça e não despegam!

Uma pessoa volta ao trabalho e a boa música volta logo à mente.

E ao finalzinho do dia, a que estamos a cantar é esta:




Façam bom proveito!!


Almoçaram-na bem?




PhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucket


Foi só para postar estas imagens que perguntei.

Interessa-me lá agora saber o que é que andam a comer.
Eu comi salada... Haja alegria.

Photobucket





Ai o meu chaimite #5



Continuamos com o vidro do meu lado xoxo. E o que acontece quando se tem o vidro xoxo?

Chega-se ao parque de estacionamento. Pára-se na cancela a uma distância agradável para proceder à abertura da porta do chaimite. Trava-se o chaimite. Põe-se em ponto morto. Abre-se a porta. Estica-se até ao sensor para passar o cartão. Passa-se o cartão. A cancela abre. Cai o cartão pela rua abaixo. Sai-se do chaimite para apanhar o cartão. Volta-se ao lugar e finalmente entra-se no parque.

UFA!

E agora será assim todos os dias até ter um elevador para subir e descer o vidro.


Sunday, August 26, 2012

Challenge accepted - day 5



Eix, três 15 dias depois, voltamos ao desafio que a PinUp me lançou.

Aldrabei as regras, basicamente não quero saber delas mesmo.


Para o dia 5 pedia-se uma foto de algum lugar onde já estive.

Ora, estive muito muito recentemente em Londres, mais precisamente na cerimónia de encerramento dos Jogos Olímpicos.

(Este ângulo não favorece lá muito o meu grande cabeção)





Saturday, August 25, 2012

O Google é o máior a encaminhar para o meu estaminé #2



Já há algum tempo que não via o que o povo pesquisa por aí que leva o google a mandá-lo para o meu estaminé.

Continuamos com as porcalhonas como da última vez (relembrar aqui). E quantas mais vezes eu escrever porcalhonas, mais vezes eles cá vêm ter (porcalhonas, porcalhonas, porcalhonas, porcalhonas).

Obviamente que após três posts a falar na nossa artista D. Cecília há gente a vir cá parar quando pesquisa a dita.

Depois temos uma nova que passo a citar: pilinhas de homens.
Interessante esta.
Não entendo porquê e também não vou dar palpites.
Digam-me vocês, vá.

Friday, August 24, 2012

Tenho andado a mentir-vos



Pois é... Decidi contar-vos quem realmente sou...

Tenho andado aqui a passar-me por uma jovem mulher solteira de 28 anos, cujo pai gostava que arranjasse um marido (ler aqui e aqui). Tenho-vos dito que estive em dieta para ficar mesmo boua mas na realidade sou magra que me farto. Disse-vos que sou publicitária (senão sabem leiam ali do lado direito) quando afinal sou posh (que é como quem diz cagona!) de profissão.

Pois na realidade, eu sou casada (e bem), e tenho uma molhada de filhos (tantos que já lhes perdi a conta) e vou passar a falar de cocós e xixis no blog (e aumentar exponencialmente as audiências).


Ora aqui estou eu com a família:

(Sou um pouco cabeçuda, mas vivo bem com isso)



Horas de almoço emocionantes



Hoje não vi o gajo do Inspector Max (relembrar aqui), infelizmente.
Nem o Valentino que estava desaparecido há anos e anos (e continua, porque só eu é que o vi e reconheci - aqui).

Hoje, estava a almoçar numa esplanada próxima do work quando os meus colegas homens se puseram a olhar muito para alguém que estava a passar atrás de mim. Pensei "quem será a gaja desta vez para eles estarem a babar?".

Confirma-se que era gaja, mas não se confirma que eles estivessem a babar.
Estavam na realidade em choque.

Era uma moça de cabelo preto, botas pretas, blusa preta de renda e collant preto.
Até aqui tudo bem, fora o calor que está para andar com esta indumentária. Mas se calhar, também foi por isso que a moça não vestiu os calções ou a saia ou whatever, por cima dos collants.

Lá ia ela a passear-se de collant preto e cueca branca por baixo como se fosse a coisa mais natural do mundo.

Com sorte, a moda ainda pega e não tarda estamos a ver mulheres de collants com a cueca à mostra e nos pés uns crocs ou umas alpercatas.

(Devia era ter tirado foto. DAMN IT! Tenho que despachar-me a vender o 1/4 de rim para comprar o iPhone e começar a postar em tempo real!)


A prova de que a senhora que restaura é uma incompreendida



Eu não entendo porque estão tão arreliados com a obra que a senhora fez, honestamente.
Ora vejam então:



Aos outros chamam artistas, à senhora Cecília béu-béu!


Sexta?


Thursday, August 23, 2012

Ai o meu chaimite #4



Já começavam a estranhar não suceder nada com o meu chaimite há muito tempo não era?

Hoje tivemos mais uma piquena coisita. Nada de grave, comparada com a última (pelo menos por enquanto visto que ainda não sei quanto custa a peça).

Saio do work, abro o vidro do carro para passar o cartão do estacionamento e ouço um barulho. Parecia terra dentro do vidro.
Subo-o. O barulho again.

Sigo pela A5, calor, desço-o um pouco, barulho again.

Chego a casa, estaciono, desço-o só para tentar entender o que se passava. Barulho again. Mexo-lhe, estava solto. Ora boa! Não subia. Então desci-o mais um bocadinho para ele apanhar balanço para a subida (adoro as minhas teorias) e guess what... NÃO SUBIU, pois claro.

Lá ficou o chaimite estacionado com meio vidro aberto (o que é pacífico. Quem é que rouba um chaimite? Aquilo dá mais despesa do que lucro).

Ligo para a Mãe Buena a dizer que tinha chegado a casa sã e salva (nunca se sabe, nesta selva que é Lisboa) e digo o que sucedeu com o chaimite. Pai Bueno, como já lhe é característico, está à escuta da conversa (não vá eu dizer que finalmente casei) e fica bastante zangado porque deveria ligar para ele e não para Mãe Buena, nem para Mano Bueno, nem para mecânico. Ele é que é o Pai.

Zanga esquecida, diz-me para ir à oficina e lá fui até à mais próxima onde se confirma o problema. Elevador do vidro broken. Os moços uniram forças, um segurava no vidro, outro punha fita-cola para o vidro não cair e depois umas borrachas para eu poder passear-me de vidro fechado.

Sigo para casa feliz e encalorada e aguardo chegada do Mano Bueno que veio do Algarve até Lisboa ver um espectáculo para o qual arranjei bilhetes aos montes (menos para mim... hurray). Mano Bueno e família desconhecem Lisboa então seguiram o chaimite até ao destino. Sucedeu que passámos ao lado do destino, falhei a faixa de rodagem e pumba, siga passear por Lisboa.

Mano Bueno telefona pois tinha o GPS do seu grande carrão ligado e vai indicando o caminho de regresso ao destino. Chegados a um semáforo, diz que é para seguir em frente. Semáforo abre.
OMG! PARA ONDE É 'FRENTE'?
Mano! Mano! Mano! e atravesso-me no meio da estrada completamente desnorteada enquanto Mano atrás segue para outro lado que não aquele para o qual eu estava a tender.
Lá manobro o chaimite e entro na rota. Ufa!

10 minutos depois. Chegámos ao destino.

Mas ainda não acabou.

Vamos estacionar no parque subterrâneo.
Mano à frente no seu grande carrão. Mana atrás no seu grande chaimite.
Mana perdeu mano de vista quando teve que parar, abrir a porta do chaimite e tirar o ticket do parque.
O segurança ficou a olhar para mim pensando: mulheres...
Ponderei gritar-lhe: EU SOU UM ÁS AO VOLANTE! Mas com este ar de mulher, acho que não convencia ninguém.

Encontrei Mano Bueno e família posteriormente mas a muito custo dado que nenhum dominava a zona e lá fomos jantar.

Novo problema: não havia lugares para todos. Mano e eu comemos juntos, no meio de 8 pessoas.
Cunhada comeu sozinha com um TNI (teen não identificado).
Primos comeram de pé lá longe.
Acabou por ser uma espécie de swing, este jantar.

Eles seguiram para o espectáculo e eu ainda tive que sair do parque que é labiríntico, meter o ticket na máquina (após abertura da porta do chaimite) e enganar-me novamente no caminho, mas conseguindo acertar noutra rota conhecida.

Finalmente, estou em casa.


UFA!


A idosa que restaura ataca novamente!



OMG!

A senhora dos restauros passou pelo meu blog e guess what...



Restaurou o meu sósio Bieber!




A idosa que restaura obras de arte



Estão a ver a notícia em que uma senhora decidiu praticar o bem e restaurar uma obra de arte que estava velhinha e precisava de uns retoques? (Podem ler aqui)

Cá temos a pintura antes do restauro e após o restauro:


Ora, descobrimos que esta não foi a única obra que a senhora restaurou:


Espectacular!

Na minha terra, por exemplo, não restauraram os frescos da capela. Preferiram caiá-los ou não estivessemos no Alentejo onde tudo é caiado.


Wednesday, August 22, 2012

Tuesday, August 21, 2012

Vou vender 1/3 de um rim



Meus piquenos,

Leram aquela notícia de um chinês teen que vendeu um rim para comprar um iPhone e um iPad (Está aqui se quiserem ver)?

Então, eu gosto muito muito muito de produtos da apple. Já tentei que eles me patrocinassem e nada.
Tive que deixar de almoçar para comprar o mac, depois deixei de lanchar para comprar o iPad e agora acho que vou seguir as pisadas do chinoca.

Como só me falta o iPhone (e o que eu gostava de ter um) basta-me vender metade do rim, ou bem espremidinho 1/4 do dito orgão, vá.

Vou só aguardar pelo lançamento do iPhone 5.


Challenge accepted - day 14



Pensavam que eu me tinha esquecido do desafio da PinUp? Of course not!

Começamos então pelo dia 14. Isso da ordem é muito relativo.

Diz que é para postar uma (ou duas ou as que me apetecer, que em mim ninguém manda! lá lá lááá) imagem de alguém com cabelo igual ao meu.

O que nos faz voltar a um post antigo.

Em 2009 lá estava eu de cabelo comprido, ruivo e com franjinha.
E a aprendiz da 7ª temporada do House, armada em imitadona, pumbas!


(Só para que não fique aqui um buraco cronológico, a mudança em 2010 foi tornar-me loira.)

Avançamos para 2011 e quem tem um cabelo igual ao meu, quem é?
(Vá, aqui fui eu que imitei)


Chegamos ao ano de 2012, à mudança para o melhor cabeleireiro ever (!), e quem tem o cabelo igual ao meu quem é?
(Vá, fui eu que imitei novamente. Mas este corte em mim faz mais sentido!)

Adoro o nosso inclinar de cabeça 




Monday, August 20, 2012

O que é que eu queria mesmo?



Paz no mundo.
E que acabassem com a fome.



E dormir a sesta, vá.

Nem quero ver depois da licença de maternidade



Estou ausente durante 19 dias numa espécie de férias (sim, porque eu sou uma pessoa com responsabilidades e não descansei nada) e já não me lembro como se imprimem documentos.

1ª tentativa: abro o ficheiro, clico em file, print e sigo para a impressora.
Nada sai.
Volto e reparo que me esqueci de carregar no botão print.



2ª tentativa: carrego no botão print e sigo para a impressora.
Nada sai.
Volto e reparo que me esqueci que tenho a impressora predefinida para criar ficheiros em PDF.

3ª tentativa: escolho a impressora, carrego no botão print, sigo para a impressora e lá está, uma folha a sair.

WOOOOW!

E o meu cérebro esteve minimamente activo nestes dias, fará se tivesse pausado por completo.


Monday monday


Sunday, August 19, 2012

Houston, we've got a problem



Oh Houston, por acaso não tens ideia de nada sobre a qual eu posso postar não?

Estou oficialmente com um bloqueio blogosférico!
Nem tenho música nenhuma enfiada na cabeça para partilhar.
Não faço nenhuma trapalhada há dias.
E não me apetece pensar em 15 factos sobre a minha pessoa, por enquanto.

Oh minha nossa... E agora?


Saturday, August 18, 2012

Já me tramaram!



A macaca da PinUp num momento de loucura, decidiu dar-me tpc para um mês inteiro. Como diria o Barney Stinson, challenge accepted!

Como o Pedro P. é um chato, não sei se me interessa muito que ele faça isto mas vá. Pedro P., esmera-te!
M&M queres fazer? Tu tens pics giras por isso... Go go go!
Jedi, um miminho. Dá-le! 
Sexinho, feel free to do it also, no meio dos teus vários posts a day! hehe

O challenge consiste em publicar uma foto diferente durante 30 dias, à medida que se vai respondendo a 30 questões, or something like that (gosto tanto de deturpar desafios!).

Seguem-se as questões:
Dia 01 - 15 factos interessantes sobre ti (foto à escolha);
Dia 02 - O significado atrás do nome do teu blogue (foto à escolha);
Dia 03 - Uma imagem que te retrate na perfeição;
Dia 04 - Um hábito que gostarias de não ter;
Dia 05 - Uma foto de algum lugar onde já estiveste; 
Dia 06 - Uma foto do teu super herói favorito e porquê; 
Dia 07 - Um retrato de alguém/algo que tem o maior impacto em ti (foto à escolha); 
Dia 08 - Objetivos de curto prazo para este mês (foto à escolha); 
Dia 09 - Algo de que estás orgulhoso nos últimos dias (foto à escolha); 
Dia 10 - As músicas que ouves quando estás: feliz, triste, entediado... (foto à escolha); 
Dia 11 - Uma foto do teu maior vício; 
Dia 12 - Como descobriste a blogosfera e porque criaste o blogue? (foto à escolha); 
Dia 13 - Uma carta para alguém que te feriu recentemente (foto à escolha); 
Dia 14 - Uma imagem de alguém com cabelo parecido com o teu; 
Dia 15 - No teu telemóvel, entra na lista de reprodução, primeiras 10 canções mais ouvidas? (foto à escolha); 
Dia 16 - Uma imagem que retrate o que fazes nos teus tempos livres; 
Dia 17 - Uma foto de alguém com quem não te importavas de ter uma vida a dois; 
Dia 18 - Uma que retrate os teus planos/sonhos/objetivos; 
Dia 19 - Uma foto com qualquer coisa que faça parte de ti; 
Dia 20 - Uma foto que achas que retrata o teu futuro; 
Dia 21 - Uma imagem de algo que te faz feliz; 
Dia 22 - Uma foto que retrate o que te faz diferente de toda a gente; 
Dia 23 - Uma foto de algo que anseias; 
Dia 24 - Uma carta para os teus pais (foto à escolha);
Dia 25 - Fotos do que eu iria encontrar na tua bolsa/mochila;
Dia 26 - O que tu pensas sobre os teus amigos? (foto à escolha); 
Dia 27 - Uma foto que mostre qual é o teu telemóvel; 
Dia 28 - Uma foto que retrate como te sentes agora; 
Dia 29 - No mês passado, o que aprendeste? (foto à escolha); 
Dia 30 - Quem és tu? (foto à escolha).


Bora lá então!

Friday, August 17, 2012

Uena na banda filarmónica



Meus piquenos, 

Diz que sou uma pessoa ultra ocupada com a tese (agora estou na fase do bloqueio: nem a tese anda, nem tenho vida social) por isso ainda não consegui editar o vídeo da banda filarmónica onde está a minnha pessoa a tocar.

É um vídeo bastante deprimente, nada comparado com o do ballet (partilhado aqui) em que eu era minimi, fofinha e coisinhas. 
A foto que já postei anteriormente também não faz jus à coisa. 


Neste vídeo estou mesmo na fase crítica da adolescência. Feia que me farto, relativamente andrógena, com o bombardino na mão (segundo um amigo eu era a única pessoa sem bigode a tocar tal instrumento) e a soprar que nem uma maluca. Mas note-se que sempre toquei bem!

Como tal, vou fazer uma troca com vocês. 
Arranjem mais 50 fãs para o facebook da Uena (podem gostar dele aqui) ou mais 50 seguidores para o blog e eu posto o dito.
Estamos neste momento com 113 fãs no facebook e 94 seguidores no blog, por isso aos 163 ou 144, respectivamente, será publicado o vídeo.

Notem que tal relíquia merece ser vista por todos, por isso quantos mais gostarem da Uena, mais vêem.

Só vos digo, se eu tivesse reputação, era com esse vídeo que a atirava ao chão!



Wednesday, August 15, 2012

Peço desculpa pela expressão mas...



... constou-me que quem tem cu tem medo.

Tendo em conta que em Maio dei início à minha dieta (que meia dúzia de vocês acompanhou aqui e os outros ainda nem sonhavam que tal artista de variedades, como a Uena, existia) e segundo a minha balança, à data de hoje, o meu rabo já tem menos 7,100 kgs (era suposto eu não perder mais peso, mas menos umas gramas também não chateia!), isso quer dizer que o meu medo tem diminuído?

E é este tipo de coisas que me fazem parar para pensar quando era suposto estar a criar as hipóteses para a tese.

Pensem nisto comigo, pensem.


Amén irmãos!

Tuesday, August 14, 2012

Indo eu indo eu

Lá vamos nós (eu e o chaimite) atravessar o Alentejo até Lisboa.
No rádio toca a cassete de Marante novamente e pela bochecha escorre uma lágrima.

Está brasa e quando ligo o AC parece que alguém põe um pé no travão.

As malas reproduziram-se nestes 15 dias e estão a encher a bagageira. Quando tiver filhos acho que temos que ir à vez de férias porque não tenho onde enfiá-los.


Sent from my BlackBerry® wireless device

Ana Ma(ma)lhoa em renda



Ontem, como sempre, lá me pus a ver o 5 para a meia-noite. Tudo bem até aqui.

Melhor foi quando entrou a primeira convidada: Ana Malhoa.
Trazia vestido segundo um amigo meu: unitard rendado azul e corpete dourado com tranny shoes de igual tom, que traduzido para Uenês significa: babygrow azul em renda, cinto largo doirado e xanata a fazer pan dan.

Segundo a Mãe Buena: parece as rãs que almoçámos na semana passada (com a coxa supé desenvolvida).

A mim dá-me ares à Xena, a princesa guerreira mas em mau.




Já agora, ao lado está o Afonso Pimentel. Sempre fofinho! 


Monday, August 13, 2012

O Google é o máior a encaminhar para o meu estaminé



Então temos nas pesquisas:

porcalhonas 2012
festa azenhas mar 2012 p rograma
calças fundinho fato treino

E ainda havia outra (que agora já não aparece) que tinha a ver com exorcismo.

Vamos lá pessoal! Todos os caminhos levam ao blog da Uena Buena!



Sunday, August 12, 2012

Língua Portuguesa, ou não


Diz que admiro tanto a língua portuguesa e em particular a utilização do singular e do plurar.

Ora, temos por exemplo:

- Prontos!
- Tu fostes ali.
- Tu fizestes isso?

Temos ainda:

- Uma sande de fiambre e queijo (vulgo mista).
- O téni do pé esquerdo.

Eix, e ainda me lembrei agora do grande piaçá! Esse amigo das pessoas que seguem o conselho da Júlia Pinheiro e tomam Activia.



PS - Já deito tese por todos os oríficios do meu piqueno corpinho




Saturday, August 11, 2012

Dans la plage - S. Tropez



Diz que hoje tirei o dia para ir à praia e relaxar. Já que estou de férias, deixem-me aproveitar un petit peau!
Lá fui até S. Tropez almoçar uma bela espetada de lulas (uuuas para as pessoas que pronunciam o meu nome como uena) e depois praiar.

Tendo terminado o Storm of Swords (dos Game of Thrones) ontem e não tendo trazido o livro seguinte para o Alentejo, lá decidi levar o iPad onde tenho o livro em pdf. Não dá jeitinho nenhum. Valeu-me o meu reflexo no bicho, visto que as pessoas que me rodeavam eram a modos que feias e nada agradáveis à vista.



É que não vos digo nem vos conto. Não sei que se passa com o mundo.
O povo, além de balofo, anda todo de bikini. E pior... Os tufos! Parecem esquilos nas axilas. Preciso urgentemente ver pessoas bonitas. Estou a entrar em depressão.

Ponto positivo: a água! Um caldinho.



Agora vou escolher um filme para ver e relaxar mais um bocadinho.

Amanhã voltamos ao trabalho.


Friday, August 10, 2012

Um passeio de bicicleta pelo Alentejo



Farta de estar enfiada em casa a mandar cabeçadas na tese, e o fim da tarde trouxe uma brisa fresca, pensei:
- Vou pegar na bicicleta do Pai Bueno e dar uma voltinha aqui na rua.

Como estava um pouco encardida, tomei banho, empiriquitei-me (parecia eu que ia passear mesmo), calcei os keds, pus os ray ban, o telemóvel no bolso (para o caso de me atirar ao chão de livre e espontânea vontade, claro) e lá fui eu.

Primeiro obstáculo.
Não consegui abrir o portão do quintal para tirar a bicicleta.

- Oh mãããeee! Posso atravessar a bicicleta por casa?

A Mãe Buena, cheia de paciência, lá deixou.

Monto-me e lá começo eu a pedalar.

Sobe a rua, desce a rua, pedala até a outra rua, volta para trás, torna a repetir o percurso, torna a voltar para trás. Mais afoita, tenta uma subida maior e dar a volta ao bairro e regressar por um caminho mais longo.
A meio só queria estar numa vespa e não numa bicicleta. A melancia que tinha acabado de ingerir começou a fazer também o percurso inverso.

A Mãe Buena, cansada de saber a filha que tem, foi à rua espreitar para ver se me via e lá vinha eu, a arrastar a bicicleta a pé, quase deitada em cima do guiador.

Pedalar não me apraz. Nunca 'aprazou'! O Mano Bueno ficou com o jeitinho todo para o assunto.
Mas eu tenho jeitinho para outras coisas, vá.

(Pena nem haver fotos do momento. Buá!)


'Tá brasa no Alentejo II



EU!


Photobucket

'Tá brasa no Alentejo



38ºC que, segundo o berry, se sentem na pele como 40ºC.

E eu estou enfiada em casa a tesar.

(Uena Buena pregueja!)


Thursday, August 9, 2012

Músicas enfiadas na cabeça #10



Já tinha partilhado no facebook da Uena Buena, mas tal música merece vir para o blog, a minha principal fonte de rendimento.

Citando-me: 

Parece que carregaram numa tecla do orgão para dar a batida de fundo sempre igual. A Fanny limita-se a dizer que quer é Vida Loca e o negão sempre diz 4 ou 5 palavrinhas diferentes tais como: sou o rei da colmeia e vais cair na teia.
Poesia pura e dura.
Agora vou fechar a boca. 





E agora vou fechar a boca novamente (antes que entre mosca da colmeia do negão porque pelo que percebi a colmeia dele tem todo o tipo de insectos).



Eu se fosse repórter era assim!





Muito bom!

Wednesday, August 8, 2012

Porque ser magro era coisa feia


Almocinho (Fait attention pessoas sensíveis. Este post pode chocar)

Melhor do que as perninhas de rã ontem, só as cabeças de borrego assadas no forno de hoje.


Até lambi os dedos!


PS - A Mãe Buena diz que as pessoas vão pensar que ela é uma mãe velha de buço porque uma mãe jovem nunca cozinharia estas comidas. Fica aqui esclarecido que a Mãe Buena é uma senhora sem buço, chique e a nossa casa é moderna. A chata que gosta destas comidas sou eu e obrigo-a a fazê-las para mim.

O pessoal órina-se e eu sou a solução segundo o google



Alguém pesquisou "fraldas incontinencia pingo doce" e veio parar ao meu estaminé.

Oh mon dieu de la France!

Devo deduzir que faço rir tanto mas tanto que as pessoas perdem uma ou outra gotinha (já dizia o anúncio às fraldas Tena Lady).

Ou então devia parar de dizer por aí que aproveitei os 50% de desconto do Pingo Doce para adquirir material deste e o google talvez parasse de lhes apontar o meu blog como resultado de pesquisa.

Pessoas que se órinam, não se aflijam! Ouvi dizer que os exercícios de Kegel são bons para o músculo pubococcígeo (disse-me a wikipédia) e ajudam a prevenir. Ok... vocês prevenir não podem, mas deve ajudar qualquer coisinha, vá...

(Se os castigos divinos existirem mesmo, estou tão lixada! OMG! Deixa-me cá Kegelar mas é)

Tuesday, August 7, 2012

Alive 'n' kickin!

Ça va, mes amis?
Julgavam-me desaparecida? Notaram a minha ausência?
Diz que regressei das terras do Algarve (estou pelo Alentejo agora) onde andei armada em emigrante de França. Fartei-me de falar francês, deviam ouvir.

Isto de estar de férias ocupa muito uma pessoa, é o que vos digo.

Diz que passei um belo dia de birthday com o Mano Bueno e a Cunhada Buena. Praiei muito, jantámos très bien e après les convidados contratados chegaram para me cantar os parabéns. O bolo de frutas foi surpresa da Cunhada e estava bem bom. A vela era a de cheiro da wc (difícil de apagar, deixem que vos diga).



Foram 5 dias très difficile.
Levantar cedo, tomar o piqueno-almoço, seguir para a praia, queimar os pés na areia, espetar o guarda-sol, untar 3 cremes diferentes para evitar as maleitas (e mesmo assim não me escapei da alergia ao sol e de escaldar os lábios), molhar na água gelada, ir almoçar, bater perna, tornar à praia, tornar a queimar os pés na areia, a untar os 3 cremes, a molhar na água gelada, deitar de barriga para cima, deitar de barriga para baixo, tornar a deitar de barriga para cima, abrir o livro, sentar, tornar a deitar, levantar o acampamento, ir para casa tomar banho, empiriquitar, jantar, sair para apanhar ar (fresquinho fresquinho), voltar para casa, dormir.

Pontos altos da estadia:
As orcas que se passeavam pela praia.
Ora vejam só este espécime (que lá era de tudo menos raro):

Pensámos que estava morta, mas afinal estava apenas em apneia.
Havia também uns quantos moços todos insuflados. O nosso amigo favorito estava constantemente a acariciar as mamocas e a ajeitar o silicone (sim, porque aquilo não era mama de homem, era silicone mesmo!). 
Rabos decentes? Inexistentes. Mas eram muitos os que se passeavam de fio-dental. Visão extremamente agradável à vista.
Depois tínhamos os senhores que nunca espetaram um guarda-sol na vida, e que com a brisa aquilo voava e a única solução era ficar de pé, a segurar-lhe. O chamado guarda-guarda-sol.


E a tentativa de tarde na Praia da Falésia em Vilamoura? Jasuis! Pareciam bichos naquele parque de estacionamento de terra. E nós no Land Rover Discovery todo quitado quase arrastámos 3 carros e metade de outro para casa connosco. 
Valeu-nos a vista. Bem mais agradável do que no nosso poiso habitual. Segundo o Mano Bueno, os moços que estão por Vilamoura são muito putos para mim. Qual quê! As senhoras crescidas de 40  anos agora teimam em ficar com os da minha idade, logo eu não tenho solução senão olhar para os piquenos e aguardar que atinjam a maioridade.

Posto isto, mes amis, cá estou de volta a casa dos pais onde acabei de almoçar (perninhas de rã em molho de tomate. nhaaaaammmm!) e agora vou arranjar as unhas (finalmente deixei de roer outra vez) e atirar-me de cabeça à tese. Porque por causa desta maldita é que eu regressei, como tal tenho que aplicar-me (se me chamasse Uena Relvas, podia estar descansada ainda a apanhar bains de soleil!).

o petisco


Au revoir!


Thursday, August 2, 2012

Happy Birthday to meeee



No dia 2 de Agosto de 1984 nascia, pelas 10:45, no palco (eu já vos disse que nasci nos palcos, não foi?) do 5º piso do Hospital de Beja (aka maternidade), a Uena Buena.
Pesava 3,630kg e media 50cm.
A família Buena viu assim completo o clã Bueno.

1985


Segundo a sua mãe, todos os meses engordava mais de 1kg, coisa que se manteve até aos dias de hoje. Lambona!

1986

Uena Buena cresceu e tornou-se uma bela moça. Ora vejam só:

Ayoooo Silver I

I see the light

In the navyyyy
lalalalalaaaa

palhaça!

modo Ewok

Ayooooo Silver II


Linda, maravilhosa e gostosona hein!





PARABÉNS PARA MIIIIIIM!











Wednesday, August 1, 2012

Meu querido mês de Agosto



Estavam a sentir falta dos meus êxitos musicais não era?

Pumba, cá está ele!




Ora, neste primeiro dia do nosso querido mês de Agosto, dirigi-me até Porto Covo onde está uma das best friends. A Partner Buena.
Diz que foi a última vez que nos vimos antes de ela partir em direcção a uma nova aventura em terras de Sua Majestade.

Antes de seguirmos para a praia fomos a casa da avó da Partner. Pelos vistos a senhora adora pessoas altas e acha que são todas lindas e eu não sou excepção. Com o meu 1,73m sou uma verdadeira top model! Pena a neta ter 1,50m, mais coisa menos coisa, vá.

Bem, eu sou uma verdadeira profissional de praia. Kit completo (guarda-sol, pára-vento, toalha, protector, baldinho e pá), no entanto faltou-me uma coisa muito importante hoje: pára-areia.
OMG! Comemos tanta areia. Parecíamos uns croquetes de carne de aves (posteriormente croquetes de lagosta) mas valeu pela banhoca. Estava bem boa a água!
E o bolo mármore da Mãe Buena e o geladinho no Marquês. Nham nham!

Cya soon ma partner!


E guess what?! Já fiz a mala again e amanhã sigo em direcção ao Algarve para importunar um pouco a vida do Mano Bueno.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...