Tuesday, June 19, 2012

É tão bom ginasticar #2



Enquanto como a minha salada maravilhosa (for real! adoro adoro adoro!) deixem-me contar-vos que regressei ao ginásio passadas duas semanas de ausência.

Uma hora de step, mas não é um step qualquer. É uma daquelas aulas super coreografada. Mais pareço uma artista de cabaret a atirar a perna ao ar, pirueta, seguida de salto para o step e salto para o chão e arrasta a perna e joelho!

Até costumo safar-me. Já viro frangos em cima do step há mais de 4 anos. E os meus ténis que os digam. Mãe, quando leres isto, deposita-me uns trocos na conta para uns ténis novos (leia-se sapatilhas que é como a Mãe diz e eu dizia também até vir para a civilização). Obrigada! És a melhor Mãe que eu tenho!

Continuando... Hoje senti-me logo intimidada quando pousei o step, olhei para o lado e vi o Rambo. Once again! Lá estava ele. Cabelo grisalho, fita na testa e fato-de-treino azul cueca.
Olá sr. Rambo! Já não o via desde a aula de aeróbica. Está feito uma artista, o senhor!

Começa a música. Primeiro grupo de passos. OMG! Não acerto com aquilo! Pé no chão. Saltinho mariconero em contratempo com um pé no ar. Não me parece um início auspicioso.

A senhora à minha frente, com idade para ser minha avó (vá, não abusemos... bisavó) apanha tudo e ainda dá uns toques de cabeça e de ombros. Li-lhe o pensamento. Dizia: Sou a melhor stepeira ever! Ninguém me bate.

Continuei, fui apanhando tudo a muito custo.
Levei um bailinho da 3ª idade que frequenta a aula.

Perto do final: Agora mais difícil! (ler com tom de apresentador de circo antes do salto mais complicado dos trapezistas) Metade da turma virada para a outra metade.

Bora lá!
Ok. Não consigo. Meto-me em cima do step a imitar um guitarrista enquanto toca uma espécie bolero (mais acelerado óbvio) e quando olho para a frente reparo que está uma miuda a rir que nem uma perdida.

E é assim. Sou palhaça em todo o lado. Nada a fazer.
Se alguém quiser ver, costumo estar no Chen no Natal. Obrigada!

E a salada terminou.
Vamos estudar para a tese!





5 comments:

  1. Já eu sou a pior stepeira de todos os tempos...nem uma simples coordenação de braços consigo fazer...tristeza!

    ReplyDelete
    Replies
    1. ahah step não implica braços.
      mas para esta aula em particular é preciso muita coordenação e boa memória. my biggest problem xD

      Delete
  2. eu e o step não nos entendemos...mesmo!

    tudo o que necessite de coordenação com o resto da sala, não serve para mim...

    ReplyDelete
  3. Eu adoro Step e uma vez convenci uma amiga minha a fazer as aulas comigo, só que a minha amigo tem ZERO de coordenação! Foi um pagode porque ela ia para a direita quando era para ir pa esquerda e chocava contra toda a gente!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu no início tb era assim. Mas fui persistente e agora ajeito-me. Mas quando é muito elaborado não consigo memorizar as coisas xD

      Delete

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...